terça-feira, 22 de outubro de 2013

Zu Hause (em casa)!!!

Oi gente!!! Estava devendo o post de retorno ao Brasil... Na verdade comecei a escrever quando ainda estava em Aachen, mas com a chegada a terrinha, as visitas, a retomada a rotina acabei demorando em postá-lo... Aos poucos vou escrevendo mais sobre o nosso retorno ao país Brasillllll.

AACHEN sua linda!!! Chegou a hora de partir - estamos voltando para casa... Em tempo,  lembranças e saudades... 

Há nove meses (uma gestação!!! hehehe) chegamos a essa cidade linda e apaixonante chamada Aachen/Aquisgrano na Alemanha. O marido veio para estudar o último ano do seu Doutorado e eu aproveitei a oportunidade para estudar um pouco desse "desafiador idioma", viajar e viver novas experiências na Alemanha e alguns países da Europa que decidimos conhecer.

 Isso aí, não se avexe não que um dia nós voltamos. A saudade já é grande, pois adorei muitas coisas por aqui... Ser nós mesmos, o vai e vem das bicicletas, a segurança que te permite ir e vir sem stress, o respeito ao espaço do outro, limpeza e organização, parques floridos e arborizados, transporte de qualidade e horário, diversidade cultural, direitos e deveres respeitados, o rigor das estações do ano, a possibilidade de conhecer países vizinhos pagando pouco e até saudade da burocracia deles vou sentir...hehehe Os alemães não possuem "talento" para improviso (tô achando q isso é coisa só de brasileiro), tudo no papel, seguindo as regras, são coisas que muitas vezes nos tiram do sério... Contudo, fazem as coisas funcionarem... Difícil não querer voltar não eh??? Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos... :)


 Em nossa memória levaremos todos momentos que vivemos na Alemanha. Da experiência com a neve, o longo inverno, das aulas de alemão, de ouvir o idioma da batatolândia, do pão com salsichão, das batatinhas fritas, dos castelos e palácios que visitamos, das cidadezinhas mais pitorescas e românticas que passamos, das viagens que realizamos, das novas amizades que conquistamos e até mesmo os momentos de intensa saudade de casa, da família e amigos.

Iniciamos nossa trilha de destinos pela Polônia - país interessante, frio demais e que foi palco de tempos difíceis ocorridos na Segunda Guerra Mundial - A cidades de Varsóvia foi bastante devastada e anos depois reconstruída e hoje possui arquitetura e prédios mais modernos. Já a Cracóvia, não foi muito afetada pela guerra mantendo seu estilo, suas igrejas (muitas por sinal), suas praças, bairro judeu e atração de muitos turistas com seu roteiro e passeios esportivos.

Viajamos também para França e Suíça com os amigos Netto e Bebeto. Foram dias de muitas risadas, vinhos e fondue, adrenalina/frio intenso nos Alpes Suíços (com direito a muitas quedas ao tentar esquiar), chuva em Genebra e na charmosa Zurich, já em Bern visita a Casa/Museu de Einsten e muito sol em Lyon. 

Na sequência partimos para Portugal. Começamos pela cidade de Porto a terra do vinho do porto e suas ruas estreitas e muitas ladeiras. Aveiro, a "Veneza" portuguesa e terra dos "ovos moles" (doce típico), onde o maridão participou de congresso e apresentou trabalho. Lá comemos muito bacalhau e camarão. Lisboa, um pouquinho do Brasil na sua gastronomia, clima quente, insegurança, pastel de belém (em Belém), visita a Fátima (muita emoção e oração).

 Chegou a vez da Itália. Que beleza de país, suas histórias e artes... Primeira parada na cidade sobre as águas - a romântica Veneza. Fazia um calorão daqueles, cheia de turistas, suas gôndolas e barcos para lá e para cá nos canais. Depois Belluno, uma pequena cidade rodeada de montanhas e lagos. Dias prazerosos com o casal Paty e Angelo. Seguindo viagem chegamos a Verona, cidade de Romeu e Julieta - ah, o amor...hehehe Agora a vez de Florença, muita arte, comida boa e companhia da madrinha Angela e seus familiares. Não poderia faltar a visita a Roma. Roma e suas ruínas, histórias, igrejas museus e galerias somados ao Vaticano. Por fim, Pisa e Lucca.

E a nossa última viagem, na companhia da prima Pri, visitamos Bruxelas na Bélgica e Amsterdam na Holanda. Rodamos muito pelas estradas que mais pareciam tapetes e colorida com suas paisagens floridas. As vaquinhas belgas, o queijo e cerveja holandeses, incontáveis bicicletas em Amsterdam e sua agitada e iluminada noite.

Agora é curtir os momentos de saudades e tocar a vida em nosso país de origem, pois o país de coração nós já escolhemos - Alemanha!!!

 


 

Um comentário: